Dicas de limpeza para deixar a casa livre do coronavírus

5 áreas esquecidas para focar ao limpar o banheiro
8 de junho de 2021

Inúmeros hábitos de limpeza da casa voltaram com força ao cotidiano das pessoas com a pandemia do novo coronavírus.

Olhando retrospectivamente, faz quase dois anos que a rotina é de muita higienização contra a Covid: limpar as compras quando voltamos do supermercado, lavar as mãos com frequência, tirar os sapatos para entrar em casa, entre outros.

Ainda assim, é preciso que outros cuidados de limpeza sejam incluídos na rotina diária para que toda a família fique mais protegida da contaminação. Confira!

A importância da limpeza no combate ao coronavírus

Diversos estudos mostram que o novo coronavírus pode sobreviver várias horas ou até dias, dependendo do tipo de superfície em que ele estiver.

Sendo um vírus transmitido pelo ar, os ambientes podem ficar contaminados após a presença de pessoas.

Por isso, os cuidados com higiene e limpeza são fundamentais, já que, ainda que estejamos isolados, precisamos sair para fazer compras ou eventualmente recebemos encomendas em casa.

Além disso, a vida de cada pessoa é um caso à parte, afinal, pessoas que precisam sair diariamente para trabalhar, sem os devidos cuidados, podem carregar o vírus para dentro de suas casas, contaminando não só a si mesmos, como outros moradores.

Costumes fundamentais para proteger a casa

As principais indicações são relacionadas ao reforço da limpeza convencional, que sempre é feita nas casas.

No entanto, deve-se ter em mente que o maior objetivo da limpeza da casa, com foco na prevenção contra o novo coronavírus, está em reduzir as chances de contágio por meio de objetos e superfícies tocados por várias pessoas

Foco nas superfícies

Por exemplo, em superfícies de móveis/utensílios que são tocados com muita frequência.

Nesses casos, o conselho é que sejam limpos em duas etapas: primeiro, limpeza com água e sabão, que ajuda a reduzir o número de germes e a eliminar sujeira e impurezas.

Por isso, é importante limpar a superfície dos objetos mais utilizados, como mesas, balcões, maçanetas, geladeiras, interruptores, telefones, teclado do computador, torneiras e outros.

Então, a dica é: comece a observar e listar quais são os utensílios que são mais tocados na sua casa!

Tire os calçados e deixe o vírus do lado de fora

A melhor limpeza é aquela que começa nas atitudes, evitando a sujeira acontecer. Por isso, logo ao chegar em casa, é importante eliminar o coronavírus antes de cruzar a porta de entrada.

Para isso, desinfete tudo que possa ter tido contato na rua, principalmente se você mora com outras pessoas. Tire os sapatos, deixe-os do lado de fora e higienize-os.

Chegou em casa com bolsas, sacolas, chaves e mochilas? Deixe tudo o que estiver carregando na porta, entre, tire a roupa, tome um banho e lave-se bem antes de fazer suas tarefas.

Ah, e lembre-se: não fique transitando dentro de casa com a roupa da rua. Para finalizar, limpe as maçanetas da porta para eliminar o máximo de chances de se contaminar depois.

Higienize as mãos constantemente

Essa dica todo mundo já sabe, mas não custa lembrar. Lavar as mãos com água e sabão por 20 segundos é essencial.

Além disso, o álcool gel pode fazer a diferença, mas não substitui a lavagem das mãos, principalmente se estiverem visivelmente sujas.

Existem momentos em que você precisará lavar as mãos com água e sabão imediatamente, por exemplo: após o contato com uma pessoa doente; após remover luvas; após assoar o nariz, espirrar ou tossir; após utilizar o banheiro; antes de preparar alimentos, antes de comer; após contato com animais; após retirar a máscara.

Limpe o que vem da rua

Apesar de não ser uma medida essencial, não vale a pena deixar de lado essa prática.

Nos supermercados, por exemplo, muita gente passa por perto e encosta nos produtos expostos.

Por isso, eles podem estar contaminados, mesmo que pouco. Além disso, é bom evitar colocar sacolas de compras em balcões ou mesas onde são preparados ou servidos os alimentos.

Aliás, essa recomendação não é apenas devido ao novo coronavírus, mas por higiene básica.

Como limpar e desinfectar a sua casa contra a covid

Para além de hábitos de higiene que nós podemos adotar, é necessário entender como limpar a sua casa com o objetivo de desinfetar corretamente a sua casa contra a covid-19.

Confira as dicas para evitar ao máximo a permanência do novo coronavírus na sua casa abaixo:

Lave as roupas utilizadas na rua com mais frequência

Essa parte é importante. De nada adianta limparmos bem os móveis e objetos em geral, mas não higienizar as roupas que vêm da rua.

Esses itens devem ser lavados da forma como você já está acostumado. Mas o ideal é tirar a roupa antes de entrar em casa, ou numa região perto da entrada, para evitar contaminação em outros objetos.

Essa regra é ainda mais importante caso você trabalhe em áreas com maior risco de exposição ao vírus, como hospitais e clínicas.

A roupa retirada pode ser misturada às outras no cesto de roupa suja e lavada junto com outras peças.

Abuse do álcool 70% e álcool gel

O álcool 70% tem capacidade de eliminar os vírus das superfícies, inclusive das partes externas do nosso corpo. Porém, lembre-se: desde que suas mãos não estejam visivelmente sujas. Neste caso, abuse da água e sabão.

Além disso, desinfetantes para as mãos, em geral, também contam com percentual de álcool, que auxiliam ainda mais na higienização. O importante, acima de tudo, é sempre seguir as orientações de uso da embalagem do produto.

Como fazer a limpeza do quarto de alguém doente?

Infelizmente, com o passar do tempo, muita gente está contraindo o vírus. Sendo assim, é possível que tenhamos que lidar com essa situação dentro de casa.

Nesse sentido, é preferível que a pessoa doente realize a limpeza do seu próprio ambiente.

No entanto, se outra pessoa for fazer a limpeza, esta deve ser feita apenas caso o lugar esteja visivelmente sujo, no intuito de reduzir as exposições ao vírus.

Nessa situação, quem realizar a limpeza deverá estar devidamente equipado com máscara, luvas e muito cuidado na auto desinfecção após a limpeza.

Conclusão

Todos nós já aprendemos bastante sobre os cuidados básicos nessa pandemia. Porém, não devemos baixar a guarda.

A limpeza e a desinfecção de superfícies dentro de casa deve se tornar um hábito diário para impedirmos a transmissão do novo coronavírus.

Será assim, a partir de medidas simples mas cotidianas, aliadas às medidas preventivas gerais, como o uso de máscaras, o distanciamento social e a higienização das mãos, que venceremos esta pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *